Barbaridade – Jovem de Grupo de Oração de Araraquara é assassinada e esquartejada

A cidade de Araraquara está em choque com a morte brutal de Yasmin da Silva Nery. A adolescente de 16 anos  foi assassinada e esquartejada por um outro adolescente neste domingo, dia 9. O assassino confesso o crime e no depoimento, de acordo com o portal Acidadeon disse que matou simplesmente porque “desejava ver como é”. Ainda de acordo com o mesmo site, ” a namorada do assassino de 17 anos também foi apreendida por ter ajudado a sumir com o corpo. Os nomes deles não podem ser divulgados como preconiza o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA)”.

Yasmin foi vítima de um crime bárbaro em Araraquara.

Yasmin era integrante de grupo de oração da Obra Shalom, havia três anos. “É irmã da Geysi Nery, discípula de segundo ano, da Comunidade de Aliança”, diz trecho na nota emitida pela Comunidade daquela cidade. “Confiamo-nos, junto com sua família e amigos, às orações de todos os fiéis que prestam solidariedade nesse momento doloroso, gratos por todo apoio recebido”, finaliza o texto.

Segundo o delegado que acompanha o caso, Fernando Bravo, da Delegacia de Investigações Gerais (DIG), os dois assassino não demonstraram arrependimento. “Ele contou que a parte do corpo guardada na casa dele era um troféu. Pouco antes de deixar a delegacia, disse que não estava arrependido. A ex-namorada apresentou algum arrependimento na frente da mãe, mas quando ela estava com a gente até dava risada do que estava acontecendo”.

adolescente foi encaminhado para a Fundação Casa de São Carlos e a ex-namorada foi levada para a Fundação Casa de Franca.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*