Brasileira, Irmã Dulce será proclamada santa pelo Vaticano

Nascida em 1914, em Salvador, a religiosa ficou conhecida como “anjo bom da Bahia” e teve dois milagres reconhecidos pela Igreja Católica