Em plena luz do dia, suspeito é avistado novamente por moradores de Catolé em Boa Viagem

Fato foi narrado por populares que o avistaram por volta das 8h da manhã desta segunda feira (13) ninguém acionou a Polícia

Voltou a ser avistado por moradores da comunidade de Catolé, zona rural, o suspeito de ter assassinado a jovem universitária de Pedra Branca, conhecido popularmente como Zé Valério.

Pelo segundo dia consecutivo, moradores da região estão assustados com a presença do suposto homem que traja roupas de manga comprida e uma mochila nas costas. Um comerciante que atendeu o suspeito em seu estabelecimento descreveu as características físicas como ”manco” e que o braço tinha uma certa deformidade encobrida pela camisa longa de cor amarela, além disso, o homem usava botas do tipo 7 léguas – usada para terrenos úmidos – típica de vaqueiros.

O relato foi feito na noite neste domingo (12) onde moradores ficaram apavorados, a Polícia esteve no local, todavia o homem não havia sido encontrado, já nesta segunda feira (13) por volta das 8h da manhã, a cerca de 400 metros da primeira vez em que o homem foi visto, novamente populares o avistaram, e como algo estranho, o homem se evadiu pela mata, desta vez, ninguém acionou a Polícia.

Chega ao 21º dia de buscas pelo homem foragido da justiça.

Zé Valério parece ter o conhecimento dos locais onde supostamente estaria, ao ser avistado, o homem se evade de uma maneira que intriga as autoridades, relatos de testemunhas afirmam que o homem parece andar com uma espécie de livro mágico, também conhecido como livro de São Cipriano.

Informações: Sert News