Governador se reúne com parlamentares de oposição em busca de apoio contra ataques

 

O ditado “a união faz a força” está sendo colocado em prática no Ceará diante da continuidade de ações criminosas ao longo do mês de janeiro. Nesta sexta-feira, dia 26 de janeiro, o Governado Camilo Santana se reuniu, no Palácio da Abolição, com os senadores Tasso Jereissati (PSDB) e Eduardo Girão (Pros) e Deputado Federal Capitão Wagner (Pros). Todos considerados de oposição ao Governo Estadual.

 

Hora de deixar as diferenças políticas de lado e discutir novas medidas para a segurança pública.
Os parlamentares vão buscar um novo encontro com o ministro Sérgio Moro e com o presidente Jair Bolsonaro para agilizar ações já solicitadas por Camilo Santana ao Governo Federal.

 

Entre os pedidos estão a liberação imediata de mais agentes penitenciários para o Estado, recursos do Fundo Nacional da Segurança Pública e a tentativa de convencer o presidente Jair Bolsonaro de liberar o Exército para atuar também no Ceará durante a crise na segurança pública.

 

É com maturidade política que os problemas mais graves no Ceará podem encontrar um caminho de solução.