STJ garante liberdade novamente para Temer e Coronel Lima

 

Temer ganha liberdade novamente. Por unanimidade, os quatro ministros da sexta turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) decidiram colocar em liberdade o ex-presidente Michel Temer, preso desde o dia 9 de maio.

A decisão do STJ se estende também a João Baptista Lima Filho, o Coronel Lima. Temer é acusado de ser o líder de uma organização criminosa que desviava recursos públicos e Lima é apontado pelos procuradores como um dos principais operadores de Temer no esquema.

Temer e Lima serão submetidos a seis outras medidas cautelares como: retenção dos passaportes; proibição de mudança de domicílio ou viagem ao exterior sem autorização da Justiça; proibição de contato com outros investigados do processo; bloqueio de bens até o limite do dano investigado; proibição de contato com pessoas jurídicas ligadas ao processo e proibição de exercício de cargo público e direção partidária.